Qual a diferença entre imagens bitmaps e vetoriais?

Bitmaps
São imagens formadas por pixels. Mas o que é um PIXEL?
Um pixel nada mais é do que um dos pontos em seu monitor, pequenos com cor e brilho variados. Bitmaps são indicados para representação de imagens com alto nível de detalhes.
Os arquivos bitmaps por serem formados pixel a pixel, se tiverem seu tamanho aumentado, sofreram distorções consideráveis, pois cada ponto é transformado em blocos maiores para compor a imagem maior. Exemplos comuns de imagens do tipo bitmaps são aquelas tiradas com máquinas fotográficas digitais, smartphones, tablets etc, e os formatos mais comuns são: jpeg, gif, tiff, bmp e png.

Vetores
São imagens formadas por cálculos matemáticos exatos executados pelo computador.
Sabendo o que são os bitmaps, entender o que são imagens ou gráficos vetoriais ficará fácil.
Então o que muda de Vetorial para Bitmap, se ambos não são imagens? Se numa imagem vetorial você criar um retângulo pequeno e depois aumentar seu tamanho em 200 vezes, o quadrado continuará o mesmo, com a mesma definição e qualidade. Agora imagine fazer isso em imagens do tipo bitmap: o retângulo vai perdendo qualidade à medida que é ampliado.
O grande diferencial entre imagens Bitmap x imagens Vetor é isso, a capacidade de ampliação (praticamente ilimitada no caso da imagem formada por vetores).

Vetorial-x-Bitmap

vetor

Quando usar Vetor e quando usar Bitmap:

Os gráficos vetoriais são amplamente utilizados em websites, impressões, cinema, televisão, games, etc…  normalmente são o que não chamamos de ‘fotos’. Por exemplo: logotipos de empresas normalmente são gráficos vetoriais, fundos, degradês e outras imagens que não são ‘fotos’. Usa-se gráficos vetoriais na criação de desenhos, ilustrações, gráficos estatísticos etc, por serem precisos se originais ou ampliados e gerarem arquivos de tamanhos pequenos.
Em compensação o que chamamos de ‘fotos’ quase sempre são bitmaps. Usa-se imagens baseadas em pixels quando se deseja uma maior profundidade, algo que transmita mais ‘vida’ para o usuário/observador. A desvantagem é gerarem arquivos bem maiores e ampliações boas ou pixeladas, dependendo da habilidade de quem as está manipulando.
Usamos o Bitmap em muitos casos, mas nem por isso o vetor deve ser esquecido, pois muitos ilustradores, com certeza utilizam ferramentas vetoriais para criar suas obras, seja o croqui ou a arte final, enfim, tanto os programas Vetoriais quanto os Bitmaps são importantíssimos e com certeza foram revolucionários e responsáveis pela explosão da arte e criação digital nos dias de hoje.


Fonte: http://ccosmos.com.br/extras/2016/03/01/vetores-bitmaps/