Coleção Literatura no Vestibular

Alguns livros da coleção que foram usados nos vestibulares tradicional da UFC.

Alguns livros da coleção que foram usados nos vestibulares da UFC.

A Coleção Literatura no Vestibular foi produzida pela Imprensa Universitária da UFC em parceria com as Edições UFC.

Criada pela CCV, reunia obras representativas da Literatura, de modo que os estudantes que se submeteriam ao exame vestibular pudessem ter acesso às obras que seriam objeto de avaliação do certame.

O objetivo era facilitar e promover a leitura de clássicos da literatura pelos estudantes de Ensino Médio bem como popularizar uma literatura à qual os estudantes não teriam acesso por outros meios.

Muitos autores cearenses tiveram suas obras incluídas nessa coleção, entre os quais citamos, sem prejuízo aos demais, o mestre Moreira Campos, com seu Dizem que os cães veem coisas; Os verdes abutres da colina, do santanense José Alcides Pinto; A casa de Natércia Campos também figurou entre as publicações.

Autores nacionalmente conhecidos também mostraram suas letras, é o caso de Lima Barreto e seus Bruzundangas; Patativa do Assaré, cearense de renome mundial, apresentou seus Cordéis e outros poemas. Ainda se publicaram livros hoje clássicos da literatura nacional como O Guarani, do também cearense Alencar; e Ana Terra, do gaúcho Érico Veríssimo. A coleção teve grande importância no cenário literário cearense. Permitiu a popularização de obras e autores antes desconhecidos do grande público, que se tornaram assunto nas rodas de conversa dos estudantes vestibulandos, mas não só deles.

 

Imagem: Imprensa da UFC.